A Decisão!

"Se podemos sonhar, também podemos tornar nossos sonhos realidade", Walt Disney

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Quem eu era.....?


Quem eu era? quem é que eu realmente era???

Pois....
faltam poucas semanas para fazer 5 anos que nos conhecemos...

sim é verdade... o tempo passa efectivamente muito depressa...
nestes 5 anos muito se passou... muita coisa foi dita e ainda muita coisa ficou por dizer....

não sei onde andas e tu não sabes por onde ando eu.....

a vida e as tuas atitudes afastaram-nos... e possivelmente foi a melhor coisa....

mas...
olhando para trás no tempo.... hoje dei por mim a relembrar a nossa primeira semana... o nosso primeiro encontro.... seguido de um segundo e terceiro na mesma semana....

naquele café perdidos no meio de Lisboa.... falamos falamos falamos.... vieram cafés... cafés foram levantados e nós continuávamos a falar....

sim é verdade... foi empatia mútua automática...
acho que contamos a nossa vida toda um ao outro em apenas 3 horas....

no dia seguinte já eu senti a tua falta no café depois do jantar.....

Olhando para trás no tempo o que é que eu realmente vejo?

vejo uma menina tão diferente.....
aliás....
na altura era mesmo uma menina.... com tantos sonhos e com tantas certezas....

com uma grande certeza....
que nunca me passava pela cabeça o que me ia acontecer nos 3 anos seguintes... e o que eu iria passar....

se eu tivesse sabido isso naquele café cheio de fumo....
mudava alguma coisa?

talvez não....
apesar de tudo... não....

diverti-me imenso apesar de tudo....
percorremos quilómetros... bebemos litros de álcool.... fumamos centenas de cigarros.... comemos... imenso caramba!!!!!

fizeste com que eu lidasse com coisas que nunca se passariam pela cabeça... frequentasse locais onde nunca entraria.... presenciasse cenas que nem sequer sonhava existirem....

tu fizeste com que eu desse valor a coisas que achava dados adquiridos... aquelas coisas que sempre me roderam mas que... contigo eu perdi.... o meu bem estar... a minha sanidade mental....

acho que mudei.... mudei muito mas... mudei para bem melhor...
conseguiste algo que para mim foi a melhor prenda que me deste....

conseguiste que eu finalmente soubesse quem era, o que queria para mim, o que significava a minha vida e quem... eu significava para mim....

e eu consegui.... fazer com que tu desses valor aos amigos, às pessoas.... a quem está ao nosso lado... de tal forma...

que passei ainda mais a dar mais valor aos meus amigos... aos meus verdadeiros rochedos que no meio da tempestade abalaram.... algumas predritas soltas cairam mas... nunca nunca desabaram.... e taditos... o que eles passaram....

a ver-me desaparecer, a ver-me afogar numa tempestade ....

faltam poucas semanas para "termos feito 5 anos...."
5 anos de amizade, de cumplicidade, de partilha....

e 5 anos depois...
ainda hoje quando passo naquela rua, quando passo no teu bairro.... eu lembro-me como se fosse hoje de todas as noites que por ali passei... de todos os sorrisos que dei.... de todas as gargalhadas...

sim porque o tempo é nosso amigo...
faz-nos esquecer as lágrimas....

não me consigo lembrar de ti com carinho.... acho que nunca vou conseguir lembrar-me de ti sem rancor...
mas sim...
já me consigo lembrar de nós com carinho...

tenho saudades daquela menina sorridente e feliz e completamente perdida num mundo estranho mas....

adoro a mulher que me tornei...
mais forte.... mais serena.... mais decidida....

(e mais modesta boa??????)

apesar de tudo.... e considerando que uma imagem e uma musica valem mais que mil palavras.... aqui fica uma imagem e uma musica apenas para....

relembrar algo que o futuro e o tempo concerteza irão apagar....




Fica bem....

porque eu.... realmente estou bem melhor....

quem diria ham?

37 comentários:

  1. Lindo texto, clarividente, realista, mostram realmente uma pessoa forte decidida, não sei como seria à cinco anos, mas agora está uma mulher, pelas suas palavras, daquelas que já vão rareando. :-)

    Parabéns

    http://www.elediz.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Mudaste e para melhor ..

    "...já me consigo lembrar de nós com carinho..."
    isso é muito bom apesar de tudo o resto...

    e o estares bem melhor é excelente

    Jinhosssssss

    ResponderEliminar
  3. Quando se quebra um relacionameto seja ele de que grau fôr, laboral, amizade, amor,..., ganha-se umas coisas, perde-se outras.
    Fica-se melhor nuns aspectos, pior noutros.
    O que me parece é que foi isso que se passou.
    Am I right?

    Kiss
    Have a nice day

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigado Diz ele!!!!

    sim.... acho que andamos em fase de raração...:)

    ResponderEliminar
  5. sim bruxinha....
    eu estou bem...

    gostava confesso de estar melhor mas... tb não estou mal :)

    ResponderEliminar
  6. Mais ou menos New Radical....
    não andas longe mas... tb não andas muito perto....

    ResponderEliminar
  7. Eu Mesma

    Gostei que te tenhas agarrado ao "eu" (no caso, tu) e ao "nós" (porque te contém a ti) e não a um "ele" que te fez mal a dada altura.

    E se te fez mais forte e melhor, foi bom por definição. Apesar de uns precalços, que também dão carácter! E depois, uma pele sem calos e cicatrizes é uma pele de bebé. Ou uma pele de quem não vive as agressões do tempo. Ou seja, de quem não vive! O que não é o caso!

    ResponderEliminar
  8. isso mesmo Abobrinha...
    já não tenho cabeça para ressentimentos... é que não tenho mesmo.....

    ResponderEliminar
  9. Gostei dessa da "música vale mais que mil palavras" :D

    Sabes estava a ler-te e a imaginar-te. A imaginar o que viveste e o que sentes hoje.
    Curiosamente nunca pensei num "faríamos hoje x anos". Fica a mágoa ou não do fim, mas ponto final.
    E depois estava-te a ler e quando cheguei à parte dos litros e das centenas pensei que estou velho.
    Também nunca fui muito disso, mas se há coisa que não me lembraria de escrever mesmo seria isso.

    Estás bem contigo própria isso é que interessa.

    ResponderEliminar
  10. por acaso Incapaz... essa da música tem mesmo direitos de autor :)

    Incapaz
    os litros e as centenas neste caso são importantes porque.... são e foram uma grande parte de tudo o que aconteceu e se passou....

    é estranho relembrar as coisas apenas por isso mas.... de tudo o que ficou foi mesmo.... essas noites sem fim....

    ResponderEliminar
  11. o cesto da roupa por passar...a bruxinha tava-me a mandar a boca pr eu ir passar roupa...mas ja o tinha feito

    ehehehe

    ResponderEliminar
  12. agora sim...
    já entendi Sms...

    queres a minha para passares também????

    ResponderEliminar
  13. 5 anos!!!!!!!!!!???????????????
    incrivel como o tempo passa, parece que foi ontem que... quando me aproximei de ti, esvoaçando as minhas ténues asinhas espantei o teu soninho repousado...lembras-te?
    só tive tempo de rodopiar sobre a asa direita quando... com uma manha delicada, pegaste na almofada e num carinhoso arremesso projectaste-a na minha direcção, para me sufocares junto à cabeceira da tua cama...
    Uff, que medo tive, mas livrei-me dessa, valeu a transpiração...não te consegui picar mas desde esse dia...e...já...lá...vão...CINCO....anos, ficamos amigos distantes, sim, distantes muito distantes mas amigos...
    Parabéns pela memória e pela crónica que dela resultou...

    ResponderEliminar
  14. meu querido melga....
    tens memória curta.... não... não foi só uma noite meu querido... foram muitas noites e .... não... não ficamos amigos...

    ficamos distantes... muito distantes mas... não amigos...

    e por favor...
    as minhas ténues asinhas

    as tuas ténuas asinhas????? Mudaste muito.... antes de ténuas não tinham nada...

    saudadinhas minhas????

    Lol!

    obrigado pelo comment!

    ri-me imenso!!!!

    ResponderEliminar
  15. Gostei do texto, e mais que tudo, gostei da parte final

    "porque eu.... realmente estou bem melhor...."
    porque isto sim é o mais importante, tu teres passado em frente e guardares so o melhor e q o pior te sirva so para não voltares a repetir os mesmos erros.

    O importante é te sentires bem :)

    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  16. Podes não acreditar mas vieram-me as lágrimas aos olhos pois revi um bocadinho de mim em certas passagens...

    A música nem vou falar porque simplesmente a A-D-O-R-O!

    5 anos... o que direi eu que foi há 14...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  17. O verdadeiro primeiro amor - marcado, vincado e desesperadamente presente. Essa é a essência dele - amor.

    beijo

    5 anos após, os últimos 5 anos, vais continuar a ver os mesmo sítios com a ferocidade

    ResponderEliminar
  18. sim minhoca tens razao...
    o passado serve para aprendermos com os nossos erros....

    apesar dos erros nao terem sido meus ... aprendi imenso...

    jinhos grandesw

    ResponderEliminar
  19. Estas pessoas são importantes na nossa vida...

    Porque depois de passarmos por elas, depois da tempestade...

    Sabemos que somos fortes... porque sobrevivemos e ficamos mais sábias...pq temos o conhecimento necessário, para sabermos exactamente o que não queremos e isso por si só... já nos faz trilhar o caminho para a felicidade!!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  20. Fantástico. Revi-me tanto no texto que podia ter sido eu a escrevê-lo. Mas não. Foste tu e eu não o faria melhor.
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  21. Bem angelik...
    nem sei o que te diga...

    14 anos é muito tempo mas.... desde que tu consigas estar bem isso é que é o mais importante...

    obrigado pelo comment

    ResponderEliminar
  22. Achas Carlos Barros?

    espero realmente que não... espero daqui a 5 anos já nem sequer me lembrar da cara dele...nem dos olhos nem do sorriso...

    espero daqui a 5 anos ter esquecido toda a sua existência....

    não foi o primeiro grande amor....
    mas foi a primeira grande desilusão de vida.....

    ResponderEliminar
  23. Obrigado Pétala pelas tuas palavras e sim... tens toda a razão....

    ficamos muito mais fortes... bastante mais....:)

    ResponderEliminar
  24. Obrigado Tita...
    tenho a certeza que consegues também escrever algo assim....

    por pior que soe.... vem de cá de dentro... parace que as palavras nos acertam directamente nos dedos....

    ResponderEliminar
  25. O primeiro grande amor é sempre a primeira grande desilusão... mas não vou seguir por aí, porque não existem duas pessoas, nem dois sentimentos iguais - felizmente. Coitado do meu «semelhante»! Obrigado pelas palavras elogiosas no meu Blog, acho que são imerecidas.

    Beijo

    ResponderEliminar
  26. talvez tenhas razão Carlos...
    O primeiro grande amor é sempre a primeira grande desilusão...

    talvez seja eu que não lhe queira dar essa importância... mas sim... talvez ele tenha sido o meu grande primeiro amor....

    ResponderEliminar
  27. O Ooops deveu-se apenas a determinada pessoa comentar e ao que tu lhe respondeste.
    É que quando te li nem sequer pensei que a pessoa referida soubesse que tinhas blog ou que ainda mantivesse contacto.

    ResponderEliminar
  28. Olá Incapaz!
    efectivamente... a pessoa em causa não sabe sequer que eu tenho um blogue... já nem mantemos contacto um com o outro....

    foi alguém que resolveu fazer um comment engraçado... ao qual até achei piada...

    o falecido... como nós chamamos... nunca escreveria algo daquela forma.... ténuas asinhas? Nunca!!!! É demasiado egocentrico para se considerar ténue em alguma coisa!

    ResponderEliminar
  29. Agora sou eu que digo Oopssss!

    Não ficamos amigos?



    Ai sim que ficamos, Uma amizade muito ténue...que não te deixa de ter vontade de me arrancar as asinhas!!!

    Lol...

    As pequenas decisões de explorarmos os nossos sentimentos podem ser danadas...

    ResponderEliminar
  30. Não Melguinha....
    lamento informar mas... não... não ficamos amigos.....

    aliás...
    eu fiz essa opção lembras-te????

    e tudo... com todo o egocentrismo... amuaste e viraste as costas :)

    e as tuas ténuas asinhas.... arderam....

    oooppppppssssss

    temos pena!

    aliás....
    não....
    não temos pena!

    Tiveste apenas uma parte do que merecias :)

    Obrigado pelo comment!

    ResponderEliminar
  31. e não Melga...
    As pequenas decisões de explorarmos os nossos sentimentos podem ser danadas..

    não....
    isso implicava que eu tivesse ainda sentimentos por aquela pessoa para ficar danada....

    não tenho!
    As minhas pequenas foram grandes decisões e sabes uma coisa....

    não me arrependo de nada que tenha decidido!

    (suponho que não era isto que querias ouvir.....)

    ResponderEliminar
  32. Com baby steps conseguiste chegar a mulher que és hoje...Gostei muito do que escreveste... principalmente observar que o caminho te transformou e fortaleceu...
    Beijo

    ResponderEliminar
  33. sim Big Girl....
    o caminho não foi facil... uns dias com passinhos maiores que outros mas....

    sim....
    um longo caminho que me transformou em alguém melhor....

    ResponderEliminar

Deixa o teu comentário....
talvez a tua pequena decisão...

a nossa vida é feita de pequenas decisões que se transformam em grandes... por isso ... avança!

Possivelmente irá ter uma resposta minha... sim.. possivelmente vou-te responder...

E não te esqueças ... passa por cá novamente! És sempre bem vindo!